quinta-feira, Novembro 06, 2008

12º Treinador "Vedeta ou Marreta" - János Biri

Nome Completo: János Biri
Alcunha: ?
Nacionalidade: Hungara (Naturalizado português)
Local de Nascimento: Budapeste
Data de Nascimento: 21 de Julho de 1900 (Faleceu a 29 de Março de 1983)
Posição: Treinador
Altura: ?
Peso: ?
.Clubes:
1965/66 - Lusitano de Évora
1962/63->1964/65 - ?
1961/62 - Setúbal
1960/61 - Setúbal
1959/60 - ?
1958/59 - Académica 
1957/58 - Lusitânia Açores
1957/58 - Oriental
1956/57 - Fabril
1955/56 - Oriental
1954/55 - Setúbal
1953/54 - Setúbal
1952/53 - Setúbal
1951/52 - Atlético
1950/51 - Guimarães
1949/50 - Guimarães
1948/49 - Estoril Praia
1947/48 - Estoril Praia
1946/47 - S.L.Benfica
1945/46 - S.L.Benfica
1944/45 - S.L.Benfica
1943/44 - S.L.Benfica
1942/43 - S.L.Benfica
1941/42 - S.L.Benfica
1940/41 - S.L.Benfica
1939/40 - S.L.Benfica
1938/39 - Académico FC
1937/38 - Académico FC
1936/37 - ?
1935/36 - F.C.Porto
FIM DA CARREIRA DE FUTEBOLISTA
1934/35 - Boavista
1933/34 - Boavista
1928/29->1932/33 - ?
1927/28 - Hungaria Budapest
1926/27 - AC Padova
1925/26 - AC Padova
1924/25 - AC Kispest Budapest
1923/24 - AC Kispest Budapest
.Totais no S.L.Benfica: 272 Jogos
(194 Vitórias / 25 Empates e 53 Derrotas)
.Estreia: 8 de Outubro de 1939, nas Amoreiras
(S.L.Benfica 3 - Belenenses 2)
.Último jogo: 2 de Julho de 1947, no Campo Grande
(S.L.Benfica 6 - Boavista 2)
.Palmarés:
3 Campeonatos Nacionais - 1941/42, 1942/43 e 1944/45 (S.L.Benfica)
3 Taças de Portugal - 1939/40, 1942/43 e 1943/44 (S.L.Benfica)
1 Campeonato de Lisboa - 1939/40 (S.L.Benfica)
1 Campeonato do Porto - 1935/36 (FC Porto)
.Curiosidades:
- Terminada a carreira de futebolista (jogando na Hungria, Itália, Suiça e Portugal), o ex-guarda-redes assume o comando técnico do FC Porto, e logo no primeiro ano foi vice-campeão, ficando a apenas 1 ponto de distância do campeão S.L.Benfica...
- Foi 5 vezes internacional pela Hungria, colega de equipa de Béla Güttmann, tendo participado nos Jogos Olímpicos de 1924.
- De nacionalidade húngara, mas naturalizado português, foi um treinador que marcou pela inovação metodológica nos treinos e pela conquista da primeira Taça de Portugal, em 1940. Além disso, fez a transição do Campo das Amoreiras para o Campo Grande, no período de oito épocas ao serviço dos encarnados. Mas a sua história com o Benfica é muito mais antiga. Como jogador, na época 1934/35, foi ele quem defendeu as redes do Boavista nas Amoreiras e o “causador” da confusão desse jogo da primeira eliminatória, quando foi empurrado por um adversário e embateu na quina de um poste, fracturando a clavícula. Mesmo continuando a jogar, em ambiente de grande tensão e dramatismo, não evitou a derrota por 6-2. De regresso às Amoreiras, como treinador, deixou um legado impressionante: passava os treinos a melhorar a capacidade técnica dos jogadores, assim como explorava a variação de flanco, aproveitando a versatilidade dos grandes jogadores daquela época, como Francisco Ferreira, Albino, Julinho e Rogério “Pipi”… Foi este último quem deixou um testemunho elucidativo: “Impunha a disciplina, tipo Camacho. Era duro mas educado. Nos treinos, estava sempre a ensinar-nos como marcar penalties e livres. E a sua teoria era perfeitamente lógica. Nos penalties, dizia para marcarmos para cima e não para os lados, para onde os guarda-redes se atiravam sempre”. A década de 40 foi dominada pela presidência de Augusto da Fonseca e pela acção de Janos Biri, tendo o Benfica com o húngaro no comando técnico vencido 3 Campeonatos Nacionais e 3 Taças de Portugal, conseguindo a "dobradinha" em 1942/43. De Janos Biri, fica um dia memorável, 7 de Fevereiro de 1943. O dia em que o FC Porto cobriu a cara de vergonha. Em jogo disputado no Campo Grande, em Lisboa, o Benfica venceu por 12-2. Um resultado que ainda é um recorde na história dos clássicos. Uma tarde gloriosa para os encarnados, que haveriam de ser campeões, perante um rival eterno que teve um ano horrível, terminando em sexto lugar. Perante a felicidade do treinador Janos Biri, o Benfica marcou quatro golos na primeira parte, fez o quinto a abrir a segunda parte, deixou que o FC Porto fizesse o tento de honra, mas logo aumentou para 9-1. Até final os azuis e brancos marcaram mais um golo, enquanto os encarnados fizeram três. No final 12-2.
- Outros clubes que orientou: Académico do Porto, Oriental e CUF.
.
Veredicto: VEDETA!

17 comentários:

O GLORIOSO disse...

Bem sendo o primeiro a comentar este é sem duvida um dos treinadores históricos no clube dos finais dos anos 30 e anos 40 quando o futebol ainda era de facto um desporto, jogava-se por amor ao jogo e aos clubes apesar de já na altura outros interesses mais altos se levantavam ou não fosse a PIDE chefiada pelo presidente do clube do Visconde do Campo Grande.
Janos Biri era húngaro que se naturalizou português treinando o glorioso durante alguns anos e foi importante no desenvolvimento do futebol no clube e no proprio país. Claramente um treinador VEDETA.
Apanhou a fase do inicio dos pateticos Violinos e com outras coisas que já referi á mistura mas mesmo assim ganhou varias taças (pelo menos 3) varios campeonatos de Lisboa e 3 ou 4 titulos Nacionais. Para além disso revolucionou a organização do clube no futebol (creio que o lar do jogador é criado por sua indicação).
Enfim uma grande Vedeta do glorioso para sempre recordado pois tomara muitos terem feito e que ele fez.

P.S- Lançou varios jogadores o principal talvez fosse o Rogério "o Pipi" que foi dos melhores extremos/avançados da Europa.
Acho que ainda treinou o Guimarães.

Anónimo disse...

http://estrangeirosnobenfica.blogspot.com/

Glorioso11385 disse...

VEDETA. Um dos principais nomes dos primórdios do nosso grande clube.

JNF disse...

40 anos à frente do seu tempo... VEDETA

anónimo nº 1,5 disse...

Caro "o glorioso": defina o que quis dizer com "patéticos violinos". Goste-se ou não, essa equipa do sporting era muito boa.
Ah, e o Janos Biri é vedeta.

o glorioso disse...

Caro anónimo nº 1,5 não tenho que definir nada é a minha opinião.
Foi de facto a melhor equipa lagarta mas com muitas outras coisas á mistura e para além disso só ganhou em Portugal.
Já sei não havia competições Europeias, é verdade mas por exemplo havia a Taça Latina que nunca ganharam enquantos outros com menos fama prestigiaram mais Portugal.

daniel matias disse...

VEDETA.Arsenio,Julinho,Valadas, Rogerio(o pipi,)Francisco Ferreira,Espirito Santo...todos treinados por Janos BIRI.3 campeonatos 3 taças de portugal.

p.S. a primeira dobradinha foi com ele(s).

e que bom existir este blog.
continuem.grande trabalho e grande abraço a todos os benfiquistas que aqui veem.força benfica.

Constantino disse...

Muito vedeta pah. Mete ai 3 votos da minha parte para vedeta.

Legion disse...

Vedeta, de caras!

Anónimo disse...

Só os 12-2 ao Porto,chaegam para SUPER VEDETA

Anónimo disse...

Só os 12-2 ao Porto,chaegam para SUPER VEDETA

T-Rex disse...

Já para não falar dos 7-2 (última foto do post) aos viscondes no dia 28/04/1946! ;)

António C. Pereira disse...

12-2 e 7-2!!! Não dá pa fazê-lo voltar?? hehe

VEDETA

sherlock holmes disse...

Fala-se muito de Bela Gutman, Otto Gloria e Toni mas com todo o respeito Biri será um dos 3 melhores 3 de sempre.

VEDETA.

T-Rex disse...

"Contagem" encerrada!

Vedeta - TODOS os votos
Marreta - 0 votos

Veredicto: VEDETA!

PS:O "Veredicto" está encontrado, mas fiquem à vontade para deixar mais comentários que considerem pertinentes. ;)

Bruno V. disse...

Grande vedeta.

SCLMarrazes disse...

Este treinador em tempos treinou o Sport Clube Leiria e Marrazes,não sei bem é em que época